Se liga nas dicas
A importância do disjuntor.

A importância do disjuntor.

A importância do disjuntor.

Quem nunca ouviu falar em fusível, não é mesmo? Pois era assim que os disjuntores eram conhecidos.

Vamos explicar um pouco de como eles funcionam e para que servem os disjuntores.

Os disjuntores têm a função de proteger as instalações elétricas. A sua função é desligar a energia automaticamente em casos de curto-circuito ou alguma sobrecarga, evitando assim os incêndios.

O curto-circuito acontece quando os fios energizados com cargas opostas se tocam. Isso causa um aumento na temperatura e é aonde pode ocasionar um incêndio de grande proporção.

 Já a sobrecarga ocorre quando ligamos vários equipamentos em uma mesma tomada, por exemplo. Isso gera também um aquecimento excessivo e pode também ocasionar um incêndio.

Além de proteger, os disjuntores também permitem que você ligue e desligue manualmente a instalação, ou parte dela.

No mercado há disjuntores adequados para residências, comércios e indústrias, por isso antes da compra procure um profissional para conduzir corretamente toda a instalação elétrica.

Os principais tipos de disjuntores:

Monofásico: indicado para circuito com apenas uma fase, por exemplo, como o circuito de iluminação de uma residência.

O bifásico: recomendado para circuitos com duas fases, como chuveiros.

O trifásico: para sistemas que operam com até três fases como 220 e 380. O uso desse disjuntor é mais incomum, pois a maioria dos equipamentos residenciais não precisam de três fases.

Em caso de dúvidas, o ideal é procurar o auxílio de um profissional para evitar certos problemas com as instalações em sua residência ou comercio.